5 razões principais para comprar um colchão novo

cama arrumada

cama arrumada

Hoje, os colchões ortopédicos são mencionados como pré-requisito para um sono saudável e confortável. O design especial fornece o suporte correto para a coluna quando dormimos, o que significa que durante o dia nos sentimos muito melhor do que se estivéssemos dormindo em um colchão de algodão comum, por exemplo.

Se você ainda não possui um colchão ortopédico ou se o seu modelo já está desatualizado, considere cinco razões principais para adquirir esse elemento da mobília do quarto.

A primeira razão é a prevenção do pescoço e coluna

Se você sentir desconforto e até dor no pescoço, coluna torácica ou região lombar, é hora de pensar em comprar um novo colchão ortopédico.

Os especialistas recomendam a escolha de produtos de rigidez média e forte para as pessoas que percebem sensações desagradáveis ​​e dores no pescoço e no peito. Quem sente desconforto na região lombar deve comprar um colchão macio.

Razão Dois – Braçadeiras Musculares 

O colchão velho não é mais tão liso quanto era no começo: cavidades e protuberâncias aparecem nele, talvez molas salientes sejam sentidas em alguns lugares. Esse local de dormir pode ser prejudicial à sua saúde, porque um colchão gasto não é mais capaz de suportar bem a coluna durante o sono. Isso significa que os músculos precisam se esforçar excessivamente.

pés na cama
pés na cama

O resultado é dor nas costas e pescoço, bem como a formação de grampos musculares, dos quais você terá que se livrar durante a terapia manual ou as sessões de massagem. A propósito, os custos desses procedimentos são bastante comparáveis ​​ao custo de um colchão novo, além do tempo extra que nem sempre é suficiente.

Uma forma irregular do colchão é especialmente perigosa para as crianças: a coluna está se formando e violações de sua posição durante o sono podem levar a sérios problemas de saúde.

Razão Três – Conveniência

Se você tem um cônjuge com quem pretende dividir a mesma cama, considere comprar um novo colchão ortopédico com molas independentes. Nesse caso, todo mundo vai dormir ao seu lado, sem deslizar para o outro, como numa rede.

Os fabricantes oferecem colchões ortopédicos, cujas metades diferentes podem ter rigidez diferente. Isso possibilita que ambos os parceiros durmam em um colchão no qual são especialmente confortáveis ​​e ao mesmo tempo juntos. Isso afeta favoravelmente o relacionamento: quando todos dormem o suficiente, o dia passa mais agradável.

A quarta razão – a formação da coluna vertebral de uma criança

Seu filho cresceu e seu corpo já exige novas condições para dormir. Os cirurgiões ortopédicos infantis dizem que, para bebês com menos de dois a três anos, a melhor opção é um colchão ortopédico rígido: isso ajuda na formação correta da coluna vertebral e de todo o esqueleto como um todo. No entanto, não compre um colchão com muita força: a criança não se sentirá confortável dormindo sobre ele, muitas vezes acordará à noite. 

Crianças de três anos de idade devem escolher um colchão rígido médio. Esta pode ser uma opção com ou sem molas. Nesse caso, vale a pena considerar o tipo de carga.

moca dormindo de costas
moca dormindo de costas

Neste caso, a espuma de borracha e o algodão não são adequados: rolam rapidamente e perdem a elasticidade, o que viola a forma do colchão. Os especialistas recomendam a compra de modelos de poliuretano ou látex. Eles podem ser usados ​​até quinze anos. Durante esse período, a criança terá tempo para crescer.

A quinta razão – poeira e alergia

Outro motivo para comprar um novo colchão ortopédico pode ser o aumento das manifestações de alergias. A poeira que se acumula em um colchão velho por vários anos pode se tornar um provocador.

Nesse sentido, os colchões de molas, que têm mais espaço livre para partículas de poeira, ficam “entupidos” especialmente rapidamente. Novos colchões ortopédicos usam materiais hipoalergênicos especiais e impregnações para repelir a poeira.

Quais colchões são os mais favoráveis ​​para o corpo

A base de um sono saudável – o colchão certo.

Qual colchão é o mais favorável para o corpo

Cada um de nós quer acordar sem dor e dores no corpo todo, enérgico e descansado. E isso é bastante real, se você escolher um bom colchão. No coração de qualquer quarto está, no sentido literal da palavra, um colchão. O que deveria ser para um sonho ser agradável e confortável? Primeiro de tudo, o colchão deve ser adequado para você. Deve muito bem manter o corpo e a coluna na posição correta, não deve ser espremido sob o seu peso e, é claro, estar confortável. Ao escolher um colchão, você deve se concentrar em suas próprias preferências e sentimentos.

Colchões ortopédicos – a escolha perfeita

O colchão ortopédico deve cumprir sua função principal – manter a coluna durante o sono na posição correta. Este modelo de beliche é o mais ideal e correto – o peso é distribuído uniformemente por toda a superfície e todo o corpo está em uma posição relaxada e mais confortável. Acordar em um colchão ortopédico é um prazer.

cama no sol
cama no sol

Como escolher um colchão para uma cama?

Ainda assim, existem algumas dicas sobre como escolher o colchão certo. Primeiro você precisa decidir para quem é comprado, porque a escolha da rigidez depende da idade. Os colchões macios são perfeitos para idosos, dureza média para pessoas de meia idade e modelos rígidos são recomendados para adolescentes e crianças. Também vale a pena prestar atenção no próprio berço. Se você compra um colchão em uma estrutura de cama, deve saber o tamanho exato. O colchão deve entrar livremente no quadro, mas, ao mesmo tempo, não mexer nele.

Qual colchão é melhor comprar na cama – com ou sem molas?

Ao escolher entre molas ortopédicas e colchões sem molas, você deve se concentrar nos materiais e no preenchimento de ambos os modelos. Se, na primeira modalidade, um bloco de molas de alta qualidade, sem problemas, você pode usar esse modelo. É melhor dar preferência a um colchão com uma unidade de mola independente, especialmente se duas pessoas dormem nele. Independentemente uma da outra, as molas não permitirão que duas pessoas deslizem para o centro da cama e sintam os movimentos do corpo uma da outra.

Se você preferir modelos sem molas, preste atenção nos materiais a partir dos quais o colchão é feito. Pode ser espuma de memória, coco coco ou látex. Todos são ecológicos e hipoalergênicos. Assim, todos os modelos de colchões ortopédicos sem molas serão adequados para todos.

Escolhendo o melhor colchão para dormir

Qual colchão é melhor para as costas

Hoje, a maioria das pessoas prefere colchões ortopédicos. E isso não é surpreendente, porque quem se recusa a relaxar em benefício da coluna vertebral? A principal tarefa dos colchões ortopédicos é manter a coluna na posição correta e distribuir uniformemente o peso da pessoa por toda a superfície durante o sono.

Tipos de colchões ortopédicos

Existem dois modelos de colchões ortopédicos – primavera e primavera. Qual é a principal diferença entre eles? Pelo próprio nome, você pode entender que tudo está no coração do colchão.

Os colchões sem molas geralmente são feitos de materiais ecológicos: fibra de coco, espuma de memória ou látex. Eles têm excelente elasticidade, devido à qual mantêm o corpo humano na posição correta durante o descanso. Os colchões sem molas também são hipoalergênicos e adequados para qualquer pessoa.

O segundo tipo de colchão é baseado em um bloco de molas. Pode ser integral ou pode consistir em muitas fontes independentes. Ao escolher um colchão de molas, antes de tudo, você deve prestar atenção em quais molas são baseadas nele. Um modelo com um bloco independente será preferível – esse colchão será várias vezes melhor para apoiar a coluna e distribuir uniformemente o peso corporal sobre sua superfície. Além disso, se você escolher um colchão grande para uma cama de casal, um modelo com molas independentes é o ideal. Devido ao fato de que todas as molas não estão interconectadas, os movimentos da pessoa que dorme na segunda metade do colchão serão completamente invisíveis e não permitirão que ambos deslizem para o centro da cama.

Como escolher um colchão para dormir: algumas dicas úteis

Ao escolher um colchão, é importante considerar a idade de quem vai dormir nele, porque a rigidez do produto depende dele.

●     Para crianças (desde os primeiros dias de vida até a adolescência), é recomendável comprar colchões duros. A coluna vertebral de cada criança é formada ao longo de vários anos, portanto, mesmo em um sonho, ele precisa estar na posição correta para evitar distorções.

●     Para adultos, é adequado um colchão rígido e dureza média. Aqui vale a pena focar em seus próprios sentimentos e preferências.

●     As pessoas mais velhas precisam de um colchão macio que proporcione relaxamento e conforto enquanto relaxa.

Independentemente do modelo do colchão, não se esqueça do tamanho. Um colchão ideal deve corresponder ao tamanho da estrutura da sua cama: deite-se livremente e não se mexa. Antes de comprar, você deve definitivamente medir o comprimento e a largura do seu berço.

O melhor colchão para dormir é aquele em que você deseja acordar todos os dias

Usando nossas dicas simples para escolher um colchão, você pode escolher facilmente o modelo perfeito. Lembre-se de que o sono saudável é uma parte importante da vida de qualquer pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *