Você sonha demais durante a noite e não acorda descansado? Gostaria de ter um sono mais profundo? Então esse artigo é para você!

Muitas pessoas têm o problema crônico de não dormir bem ou de um sono interrompido por sonhos constantes, ou sonhos vívidos. 

Muitas coisas, como privação de sono e consumo de álcool, podem causar sonhos vívidos. Certos distúrbios do sono também podem tornar os sonhos vívidos mais prováveis. Todos sonham, mas nem todos se lembram de fazer isso. 

As pessoas tendem a passar cerca de 2 horas por noite sonhando. O sono e os sonhos são complexos e permanecem um mistério para os cientistas. O que sabemos é que um sono de qualidade é essencial para muitas funções cerebrais. 

O sono afeta a forma como as células nervosas se comunicam entre si. Os pesquisadores agora também acreditam que dormir pode ajudar a remover toxinas que se acumulam no cérebro durante as horas de vigília. O sono afeta quase todos os tipos de tecidos e sistemas do corpo, desde o cérebro e o coração até o sistema imunológico e o humor. 

Causas de um sono ruim

Uma pessoa pode ter sonhos vívidos por uma série de razões, dependendo das situações individuais. 

As pessoas costumam descobrir que os pensamentos do dia invadem seus sonhos. 

Eles geralmente têm os sonhos mais vívidos durante o sono REM, que abordaremos com mais detalhes a seguir. As causas dos sonhos vívidos incluem: 

Privação de sono 

A privação de sono pode levar a sonhos mais intensos. Álcool O consumo de álcool pode suprimir o sono REM. Quando uma pessoa para de beber, isso pode levar a sonhos excepcionalmente vívidos e intensos. 

Uso de substâncias 

O uso de certas substâncias – como maconha, cocaína e cetamina – pode contribuir para sonhos vívidos ou desagradáveis. As pessoas que estão se recuperando do vício podem descobrir que têm sonhos vívidos sobre usar a droga da qual estão se recuperando. Isso é relativamente comum. Os especialistas acham que esses sonhos são parte do impacto que o vício em drogas tem no cérebro. 

Efeitos colaterais de drogas 

Todos os medicamentos têm efeitos colaterais potenciais. Para algumas pessoas, esses efeitos colaterais podem incluir sonhos ruins ou vívidos. Exemplos de medicamentos que podem contribuir para sonhos ou pesadelos vívidos incluem: 

  • antidepressivos, incluindo inibidores tricíclicos da monoamina oxidase e inibidores seletivos da receptação da serotonina 
  • anti-hipertensivos de ação central, como beta-bloqueadores, alcalóides rauwolfia e alfa agonistas 
  • medicamentos para doenças como a doença de Parkinson, incluindo levodopa (Larodopa) e selegilina (Eldepryl) 

Todos os medicamentos terão efeitos colaterais potenciais listados na embalagem. 

Estresse 

Estresse e eventos traumáticos podem levar a sonhos vívidos. Os pesquisadores acreditam que isso se deve ao papel que o sonho desempenha na memória e no processamento das emoções. Pessoas que sofrem de transtorno de estresse pós-traumático (PTSD) são mais propensas a ter pesadelos vívidos do que pessoas que não têm. 

Gravidez 

Sonhos e pesadelos vívidos são comuns durante a gravidez. Às vezes, o estresse da preparação para o parto e dos pais pode contribuir para isso. Flutuações hormonais também podem desempenhar um papel. 

Problemas de Saúde mental

Pessoas com depressão podem ter sonhos vívidos. Temas como autoimagem pobre costumam aparecer. Esses sonhos às vezes podem levar a ataques de pânico. Pessoas com esquizofrenia ou transtorno dissociativo podem ter sonhos intensos durante uma recaída. Também é possível que pessoas com ansiedade tenham sonhos mais vívidos. Podem apresentar situações de grande ansiedade ou pânico, como atrasos ou constrangimento geral. 

Narcolepsia 

Pessoas com narcolepsia costumam dizer que têm sonhos vívidos que podem ser bizarros ou perturbadores. A narcolepsia é um distúrbio do sono que confunde a linha entre o sono e a vigília. Pessoas com a doença sentem muito sono e fadiga durante o dia. 

Os sintomas incluem ataques de sono, em que uma pessoa adormece e experimenta uma perda repentina de controle muscular (cataplexia) durante o dia. Quando alguém tem narcolepsia, cai no sono REM logo após adormecer. Isso pode fazer com que tenham sonhos vívidos, mesmo durante uma breve soneca. 

Pessoas com narcolepsia também podem ter sonhos lúcidos. No sonho lúcido, a pessoa está ciente de que está sonhando e também pode ser capaz de controlar a experiência.

8 Formas Fáceis de Sonhar Menos e Dormir Melhor

Se você também tem um problema relacionado ao sono e se esforça para ter uma boa noite de sono, navegue abaixo para saber algumas maneiras simples que podem curar seus problemas de sono sem tomar pílulas para dormir ou qualquer outro medicamento. Leia. 

  1. Tome um banho quente. Estudos sugerem que se deve tomar um banho quente antes de dormir, pois a queda na temperatura corporal e depois para a temperatura normal relaxa nosso corpo. Você também pode adicionar bons óleos aromáticos. 
  1. Ar fresco e luz natural são importantes. Tente sair ao ar livre e à luz natural durante o dia. Se você passar o tempo todo em prédios com ar-condicionado e iluminação artificial, seu sono será perturbado, pois o corpo não estará ciente dos horários. 
  1. Tente evitar comer refeições pesadas e refeições após as 8 horas. É aconselhável que você coma um jantar leve, pois refeições pesadas levam a refluxo ácido e azia e isso irá mantê-lo acordado e também após comer irá manter o metabolismo alto, o que novamente cria confusão quando queremos dormir. 
  1. Entenda e acompanhe sua hora de dormir. Por alguns dias, mantenha um registro de quantas horas você precisa, bem como o intervalo de tempo para que se sinta revigorado todas as manhãs. Mesmo se você dormir até tarde ou festejar até altas horas da madrugada, você deve acordar na hora que acordar diariamente. Por quê? Quando você bagunça seu relógio interno, há chances de você ter mais 
  1. Não use nenhum dispositivo eletrônico até tarde. É muito importante desligar todos os aparelhos, especialmente telefones celulares. A luz das telas sinaliza ao nosso cérebro que é dia e nos mantém alertas e acordados por mais tempo antes de finalmente adormecermos. 
  1. Use meias enquanto dorme. Se você se sente confortável em usar meias enquanto dorme, pode considerar esta dica, pois as meias ajudam a manter os pés mais quentes e, por sua vez, induz um sono mais rápido. 
  1. Sestas poderosas. Acredita-se que cochilos de 20 a 40 minutos por dia (não mais que 40 minutos) realmente nos ajudam a dormir melhor durante a noite, pois relaxa nosso corpo durante o dia, além de nos deixar menos estressados ​​à noite. Mas se você cair no sono profundo, isso pode causar inércia no sono. 
  1. Atividade física. O trabalho ou as sessões ajudam a tirar o estresse do corpo e a alterar o humor, fatores vitais para um sono de boa qualidade. Portanto, tente trabalhar de manhã para poder dormir melhor. Mas certifique-se de não ir à academia à noite, especialmente três horas antes de começar a dormir, pois isso tornará você mais difícil de adormecer. 

Siga estas dicas e truques simples experimentados e testados e tenha um sono profundo e sem sonhos!

E caso tenha alguma dúvida, é só usar a área de comentário abaixo que respondemos sempre!

By Redacao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.